quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Trabalho de: “Mundo Globalizado e suas Transformações” professora: Ida Clara Guimarães Nogueira. Turma: LHN 02 (Faculdades Integradas Ipiranga). Abandono das Crianças.





  






Licenciatura Plena  em História
                                                   
Professora: Ida Clara  Guimarães Nogueira
Alunos
Joabh Levy Silva de Carvalho
Luzia Souza ferreira
Sebastião Pereira Viana Júnior


 ABANDONO DAS CRIANÇAS

Sebastião Júnior

1- Segundo a ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) toda criança tem direito à vida,
1.1- Quem seriam os responsáveis por tamanha injustiça, família? Sociedade? Poder público?

1.2- No século XVIII, o impacto era cultural, nos não podemos julgar porque eles faziam isso a classe alta. abandonavam a acriança, quando engravidavam sem ter marido.


(Aqui é de um impacto psicológico)

1.3-A partir do estudo de algumas bibliografias poderemos ter uma referência sobre o abandono de crianças, porém os motivos são os mais diversos, cada mãe com sua história particular, nenhuma é igual, mas um ponto em comum pode ser encontrado, a maioria tem histórico de abandono familiar, seja quando criança, ou mesmo após a gravidez, ou ainda o abandono social, marginalizadas e discriminadas por algum motivo acreditam que suas crianças terão mais possibilidades longe delas.  
1.4- A pobreza, que é gerada pela sociedade capitalista; Enquanto houver isso vai sempre existir a estratificação social, a divisão de classes, a superestrutura.

Luzia Souza

2- A sociedade brasileira do século XVIII, não aceitava que mulheres solteiras tivessem e criassem seus filhos,  era uma sociedade na qual os valores, morais e éticos acabavam prevalecendo, consequentemente as mães solteiras sofriam um preconceito de discriminação.
2.1- Com o crescimento acentuado do numero de crianças abandonadas, em 1920, o governo começou a implantar ações para tentar reduzir a questão do abandono de crianças, criando orfanatos, escolas profissionalizantes e escolas correcionais, (para menores infratores).


2.3- No ano de 1927, foram criadas as primeiras leis que regulamentavam políticas governamentais, a favor das crianças, o chamado código de menores; Em 1990,foi criado também pelo governo brasileiro e estatuto da criança e do adolescente (ECA). Que regulamenta políticas em favor da criança e do adolescente, e institui seus direitos e deveres.

Joabh

3-Em 2012, 1,6  milhões de crianças abandonaram a escola. O problema também está na atenção dos pais a criança
3.1-Um número expressivo, demonstrando que não foram aplicadas políticas eficazes para a redução da triste realidade apresentada já em 1994, quando existiam 7 milhões, segundo levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS) 2009
3.2-Destas, cerca de 2 milhões vivem permanentemente nas ruas,
3.3-Atualmente são cerca de 8 milhões

Trabalho social: Faz alguma coisa na tua vida !  
ONG não governamental

Quem quiser ajudar a Creche Casa Lar Cordeirinhos de Deus, entre em contato pelos telefones: 3249-7376 e 8831-3163 (irmã Noemi).
(Nayara Ferraz, Diário Online).
Fundado em  2006
Castelo entre Governador e Magalhães Barata
OBS tem a creche do outro lado tem o abrigo

Referencias

http://www.escolakids.com/historia-do-abandono-de-criancas-no-brasil.htm
http://www.portaleducacao.com.br/psicologia/artigos/36083/abandono-de-criancas-covardia-ou-necessidade