sexta-feira, 13 de junho de 2014

Trabalho de : “ Ciência e o Homem ”. Professora: Sergio Bandeira do Nascimento .Turma LHN 02 (Faculdades Integradas Ipiranga). Texto de referencia: Pesquisar um texto de natureza acadêmica que trate do tema EDUCAÇÃO e SOCIEDADE...



TRABALHO APRESENTADO COMO PARTE AVALIATIVA PARA ATIVIDADE CIÊNCIA E O HOMEM[1]
LIVRO: A TEORIA DO VALOR EM MARX E A EDUCAÇÃO TEXTO: DIRETRIZES DO BANCO MUNDIAL PARA A INSERÇÃO DA LÓGICA CAPITALISTA NAS ESCOLAS BRASILEIRAS. EDITORA CORTEZ ANO: 2006.  .ELISÂNGELA ALVEZ DA SILVA SCAFF.

                                                                        Sebastião Pereira Viana Júnior[2]
                                                                       
                                                                       

                                                                               
05/05/2014

PERÍODO DE 17/04 A 30/04 DE 2014

Finalização Da Unidade I

Texto de referencia: Pesquisar um texto de natureza acadêmica que trate do tema EDUCAÇÃO e SOCIEDADE. Realizar a leitura do texto e apresentar no mínimo mais três (03) argumentos utilizados pelo(s) autor (es), com as devidas referencias pelas normas ABNT.


A autora Elisângela apresenta o argumento de que o banco mundial /central interamericano, quer privatizar as escolar brasileiras,  que se ocupa das políticas neo liberais do capitalismo mundial, que priorizavam a reforma econômica a qualquer preço. “(...). O aumento da pobreza e da exclusão social nos países em desenvolvimento atraiu criticas que levaram os organismos internacionais a uma redefinição de suas políticas” Nesse primeiro argumento colocamos que o banco mundial quer privatizar a s escolar do Brasil.

No segundo argumento vamos avaliar e identificar a sua concepção de educação: “(...) Conclui-se que os projetos desenvolvidos pelo banco Mundial para a educação brasileira  tem por finalidade a formação de indivíduos para o mercado de trabalho” Diante dessa lógica capitalista a grande questão é a escola está subordinada a ótica capitalista apenas como  uma mera instituição formadora de mão de obra qualificada para o mercado de trabalhos que compõe  os interesses capitalista. E a formação do cidadão critico onde fica? Parece que o autor Vitor Enrique Paro, atenta para a lógica do trabalho em Marx em o capital “o trabalho na sua concepção mais genérica, em contraposição ao trabalho desenvolvida sob a lógica capitalista.

No terceiro argumento atentamos para a lógica capitalista na escola “(...) De acordo com Paro (1986), a educação entendida como apropriação do saber historicamente acumulado, é inerente ao próprio homem a o acompanha durante toda a sua historia. Para o autor”. Tudo o que o homem construiu na sua história provem da cultura humana, a apropriação da cultura por esses indivíduos é que constitui a educação. Porque é pela apropriação da cultura que os indivíduos se faz homem.Apesar da escola ser antecessor ao capitalismo ele tem sua generalização proposta a partir desse momento da sociedade,é ai que está o grande debate os interesses neo liberais referente a educação deve ser aderido, porque a lógica capitalista só interessa o operário ele não quer saber de critica fica aqui esse alerta.  


[1] Trabalho apresentado como parte avaliativa de Ciência e o Homem.
[2] Alunos do curso de licenciatura  em História da Faculdades Integradas  Ipiranga, turma LHN02
3 Professor: Sergio Bandeira do Nascimento