quinta-feira, 12 de junho de 2014

Trabalho de: “Conhecimento e o Homem” Professor: Sergio Bandeira do Nascimento ; Turma: LHN 02 (Faculdades Integradas Ipiranga). Como os conhecimentos desenvolvidos no campo da Sociologia contribuem para compreendermos melhor “os mecanismos seletivos e discriminadores da educação escolarizada” .



01/04/2014






FACULDADES INTEGRADAS IPIRANGA
Disciplina: Conhecimento e o Homem


Professor
Sergio Bandeira do Nascimento

Aluno
Sebastião Pereira Viana Júnior
LHN 02





Agora que você já fez uma abordagem inicial sobre a sociedade brasileira com enfase na questão educacional, você deverá ler o seguinte texto e em seguida desenvolver a atividade proposta:     

Após a leitura do texto é importante que você apresente a sua compreensão sobre:

A) A Relação entre Educação e Sociedade

B) Como os conhecimentos desenvolvidos no campo da Sociologia contribuem para compreendermos melhor “os mecanismos seletivos e discriminadores da educação escolarizada”.

OBS.: Apresente no mínimo três (03) argumentos do texto/autor para fundamentar sua resposta.


 
                                                                                        











RESPOSTA:

Parece que o mundo passou por transformações, até chegar na sociedade em que estamos, ela veio por intermédio do conflito de países capitalistas, querendo expandir a sua área de influencia. Também passou por um período ideológico do capitalismo na pratica e do socialismo  teórico.
A sociologia veem para estudar esse campo de organização das pessoas que é de forma interdependente, não é possível entender a sociedade sem a sociologia. Esse campo complexo da humanidade, é movido por valores, um deles pela instituição escola. 
“As primeiras abordagens sociológicas são fortemente marcadas por uma "sociologia da ordem", onde o que conta é mais uma ideologia conservadora em busca da ordem nos novos ambientes urbanos”.

1-Paradigma do conflito

Essa corrente aborda a sociedade organizada segundo o seu modo de produção, como foi no decorrer da historia. A partir dessa analise, ela busca entender o processo de produção e o conflito que ela causa na sociedade contraditória.

comunal -escravista –feudal- capitalista -socialista -comunista

 Esse sistema requer um conflito entre as classes, todos lutando pela hegemonia. É importante para o aluno conhecer a classe social a qual ele faz parte, para que ele possa ser um componente atuante em lutas sociais assim se ele quiser.
Não é um erro abordar o paradigma do conflito, uma vez que a instituição estado se apresenta muitas vezes como uma instituição conservadora, a beneficiar o capital, não abordar isso em sala de aula é um crime contra o aluno. 

2-Nova Sociologia da Educação (NSE)

Procura abordar os conflitos que se apresentam em sala de aula, é uma nova visão também, por uma oposição ao paradigma do consenso; “os estudos sobre currículos, representações de professores, interação pedagógica”. E também a produção cultural desse professor é abordada.
Também aborda essa relação do aluno professor na sala de aula e a preocupação com a identidade das duas partes no contexto social. E o processo de formação do professor ligado à escola que ele atua.

3-O campo sociológico da educação

As relações microbiológicas foram abordadas em substituição a abordagens globalizantes econômicas e desigualdades sociais. Ela busca a abordagem do que acontece na sala de aula a interação entre os atores sociais.
As desigualdades escolares veem estabelecidas pela sociedade das desigualdades sócias, ela parece ser um reflexo da sociedade tanto na forma como se educa como no conteúdo. Um conteúdo que aborda uma típica família do Brasil, toda estruturada, o que não acontece em muitas famílias, destruídas pela violência e pela influencia do narcotráfico.   
Na sala vai acontecer os mais diversos conflitos seja ideológico, de desentendimento etc. Esse espaço pedagógico vai ganhar um olhar eu vamos chamar de micro sociológico, eu serão em outras palavras a convivência em sala de aula .