quinta-feira, 12 de junho de 2014

Trabalho de: “Gestão de Sala de Aula” Professora: Fátima de Nazaré Pantoja Rezende ; Turma: LHN 02 (Faculdades Integradas Ipiranga). Mini aula sobre Revolução Industrial.






Sebastião Pereira Viana Júnior
Mini aula; Teórica pratica e critica  de
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

1-Vamos tratar da conseqüência direta no plano  ideológico dessa revolução que será
o socialismo

Características 1º Processo
Bomba Hidráulica -1763
Tear Hidráulico- 1763
Locomotiva a vapor- 1770
Barco a vapor-1838 ex Titanic

A energia física se transforma em energia mecânica. O trabalho da monocultura passa a ser feito em fabricas.

1.1-Porque a Inglaterra foi  pioneira ?

*O acumulo de capitais: mais se beneficiou do mercantilismo.
*Mão de Obra disponível: processo de cercamentos, substituição da  agricultura pela pastagem.
*Estado liberal: Estado burguês: revolução gloriosa.
*Jazidas de carvão: êxodo rural, vão se transformar em força de trabalho para a indústria.

Etapas da industrialização
Século XVII Inglaterra
Concorrencial: capitalismo
Setores Têxtil, siderúrgica, agrícola
Uso do ferro e do vapor


2-Teóricos dessa Fase:

Adan Smit: Riqueza das nações. Considerado o pai e defensor da propriedade privada.
David Ricardo: Tese do salário mínimo;  O trabalhador deveria receber aquele salário que servisse apenas para o seu sustento. Auxiliando assim a riqueza da burguesia.

Século XIX 2º processo
Difusão por Alemanha, França, Bélgica. Estados unidos. Japão.
Monopolista: Não vai haver concorrência, vão surgir os grandes grupos econômicos. 
Trustes= nos EUA  e Cartéis =Alemanha: Era grandes conglomerados  econômicos com o objetivo de controlar o mercado consumidor e fornecedor. 
Fase Imperialista e Neocolonialismo.








Conseqüência do industrialismo.
Consolidação do capitalismo
Afirmação do liberalismo
Urbanização
Questão social
Novas idéias


2.1 - QUESTÃO SOCIAL: Porque  com a revolução industrial vai se constituir duas classes, a burguesia e o proletariado.A burguesia, proprietária dos meios de produção, maquinas e fabricas. O proletariado que não era dono de nada, há não ser da sua força de trabalho, que é  vendida a baixos preços. Chegavam a trabalhar de 16 a 18 horas por dia.

Contra essa exploração de uma classe que produz a riqueza, mas não compartilha da riqueza, que se desenvolvem as idéias socialistas. 

Socialismo utópico
Socialismo científico
Anarquismo

2.2--SOCIALISMO UTÓPICO: Porque os primeiros socialistas não vão identificar na classe trabalhadora, como uma classe revolucionária. A idéia é pensar em reformas, numa sociedade do futuro. O socialismo utópico, abriu caminho para o socialismo cientifico ou moderno.

Socialismo utópico
Socialização dos meios de produção
O fim do direito de herança
Igualdade social
Ensino para todos




















2.3-SOCIALISMO CIENTÍFICO: Porque a partir desse momento não se pensa mais no futuro. A sociedade tem que ser mudada agora. O proletariado é identificado como classe revolucionária.

3-Em 1848, Karl Marx e Friedrich Engels publicam o MANIFESTO COMUNISTA.

Com uma idéia simples, a burguesia do século XVI ao XVII foi uma classe revolucionária aniquilou com a nobreza, e o sistema feudal,. Marx e Engels jogam esse fervor revolucionário com a classe trabalhadora  para revolucionar, mudar a sociedade agora. A idéia básica do socialismo científico é o internacionalismo, é uma oposição ao conceito burguês que era nacionalismo. 



Socialismo científico
Crítica radical ao capitalismo
Teoria das lutas de classe
Internacionalismo

IGREJA CATÓLICA: Esta excluída das cabeças da sociedade, se posiciona e critica o capitalismo, a exploração  de uma classe sobre a outra, mas também critica a luta de classe. O socialismo cristão de leão XVIII e Rerun Novarum,  se caracteriza por harmonia entre as classes, o trabalhador evita de fazer a greve e a classe patronal  evita de explorar demais.


Os trabalhadores vão se organizar em sindicatos
Sindicalismo: Antonio Labriola e George Sorei. 

4-ANARQUISMO;  Bakunin e Kropotkin: Os anarquistas farão uma dura crítica radical condenam não apenas a propriedade privada mas também condenam a existência  de toda e qualquer forma de poder.  A existência de um estado, enquanto ha estado a um grupo que domina o outro.


Essas idéias tanto o socialismo utópico quanto o socialismo cientifico vão estar nas famosas revoluções do século XIX 1830-1848 principalmente. A chamada “primavera  dos povos” é onde as idéias ganham corpo pela primeira vez.