segunda-feira, 16 de junho de 2014

A Copa rola e o Povo Como Fica. Somos Contra a Copa










No dia 12/06/2014,  ia para o trabalho quando estava no terminal da UFPa, eu vi um senhor comendo aqueles enlatados cheios de conservantes, e outras porcarias que fazem mal a saúde, era salsicha, e tomando um refrigerante na rua, não acredito que não exista alguém que não se sensibilize  contra tamanha desigualdade e tamanha condição precária que vive o povo brasileiro: E a copa rolando e milhões gastos.
Depois eu vi no noticiário uma mulher que não conseguia atendimento medico pelo  SUS, eu mesmo planejo de pagar um plano de saúde para minha mãe pois não conto com esse SUS. Outro dia vi na televisão um homem que estava passando mal na rua ele dizia: “sou um inútil para o Brasil que não valia nada para o Brasil”. Nunca vou esquecer isso; E a copa rolando e milhões sendo gasto.
Quando o Brasil ganhou a eleição para sediar a copa eu achei bom, mais, depois eu pensei não é justo. O Brasil tem muitos problemas sociais para sediar uma copa do mundo, não acredito que não existe sensibilidade nesses idealizadores desse projeto, e pensar que o povo sofre sem hospitais segurança, educação, má alimentação, muitas vezes ovo e esses enlatados vindo dos EUA que causam problemas no estomago; E a copa rolando e milhões sendo gastos.
Mais invencível ainda foi um rapaz que falou que “copa não se faz com hospitais mais com estádios”. Não me conformo com tamanha hipocrisia desse pessoal que estão nas mídias, que englobam esses mecanismos alienadores, que arrastam multidões, com suas falas medíocres, e o povo gosta dessas figuras. E a corrupção, que teve o rei do futebol dando uma declaração  digna de sua majestade, “ Vamos recuperar o dinheiro roubado com os lucros da copa”, realmente nos estamos bem arranjados em termo de categoria de gente.
São cordeais, segundo Sergio Buarque de Holanda, tá explicado só querem saber de festa mesmo. Esses senhores respeitáveis, nunca precisaram de hospitais publico, tem do bom e do melhor, não pensam em nenhum momento no outro que está passando fome, e que está precisando de médicos; E a copa rolando e milhões sendo gastos.  Eu queria que todos se revoltassem e renegasse essa copa, não indo para os estádios ai eu queria ver como ficaria a cara da FIFA, e desses homens que estão na frente desse projeto corrupto. Isso  seria uma forma de mostrar que nos não queremos ver esses empreendimentos capitalistas, nos queremos trabalho, saúde, honestidade.
O Brasil pelo menos não foi tão alienado e covarde assim, pois nos fomos  o único povo que peitou a FIFA. Nos não  queremos mas saber dessa hipocrisia de uma seleção que ganha milhões, só para alienar os outros, enquanto um professor ganha tão pouco. Eu sentia um vazio dentro de mim! Isso é besteira, não engrandece o nosso espírito, vale mais uma boa escola, um bom emprego, uma segurança uma vida digna, em fim uma sociedade justa, um Brasil mais igual. Vamos pra rua.



Sebastião Pereira Viana Júnior